24 março 2013

Música ao domingo [37]


Esquecimento imperdoável, pois ontem, este blog fez 9 anitos e aqui, a sua autora, simplesmente, passou em branco, o seu aniversário.
Penso que, a partir de certa idade, não se comemoram aniversários, e este, como tantos outros blogs da mesma altura, ainda vão resistindo, e vão mantendo-se por aqui, enquanto a escrita e a partilha nos der prazer.
Muitos ficaram pelo caminho, muitos desistiram, outros ainda, aderiram a outras formas de comunicação.
Vou permanecendo. Até quando? Nem eu sei...até um dia, até quando me apetecer.

 
 
Até lá, soprei 9 velitas e comi uma (muitas) fatias de bolo :)
Dancei ao som de Bon Jovi e não me esqueci e nunca me esqueço de...OUSAR SER FELIZ!!!


09 março 2013

Decididamente...



Decididamente, não há volta a dar.
Tenho um medo horrível desta cadeira e do médico dentista.
Entro em panico, quando tenho que me sentar na dita cuja.
Mas hoje, logo pela manhã, para começar bem o fim de semana, lá me fui sentar (ou melhor deitar) na cadeira e abrir a minha delicada boquinha para a médica dentista.
Bem que pensei que fosse um médico (jeitoso, de preferência), mas apareceu uma senhora e tive que me contentar com ela.
Pelo menos, era simpática, entendeu meu medo e panico da bendita cadeira e observou meus dentes.
Aiiiii...disse eu a tremer!!!
Tenha calma, respondeu a médica. Vai tudo correr bem e o dentinho tem que ser tirado, pois está em mau estado.
Panico!!!
Panico!!!
Quero ir embora, por favor, Doutora, não quero tirar dente nenhum.
Isto de arrancar um dente, ás 9h da manhã de um sábado...tem algo que se lhe diga, ou não?
A verdade é que não pude fugir, o dente teve, mesmo que ser arrancado e ainda levei 2 pontos...socorro!!!!
É muita coisa para 1 pessoa que tem medo de médicos dentistas.
Decididamente, detesto as cadeiras que eles têm no consultório e, na minha opinião, deviamos nascer sem dentes, assim não precisamos de os arrancar, quando dessem trabalho, não acham?
Decididamente, este não é o meu dia!!!

08 março 2013

Mulher



Porque Dia da Mulher é todos os dias e todos os dias a Mulher deve ser valorizada, amada, acarinhada e NUNCA escravizada, espezinhada e brutalizada.
Sou MULHER e vivo com Dignidade a minha condição. Defeitos e qualidades, fazem parte da condição humana.
Vivamos, respiremos a nossa Feminilidade com Dignidade, não deixemos que ninguém nos diga que somos menos que ninguém e...OUSEMOS SEMPRE SER FELIZES!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...