22 dezembro 2008

17 dezembro 2008

A Transgressora


Rogério era um menino de berço, com uma sensibilidade diferente que escutou o padrasto planear com a amante o assassínio da sua mãe Beatriz, de modo a herdar toda a sua fortuna. Depois de um estranho e fatídico acidente de helicóptero sobre o Douro, o corpo dos três tripulantes: o piloto, Beatriz e Rogério desapareceram no rio, sendo dados como mortos. Só que das profundezas das águas e passados vinte anos sobreviveu e renasceu Regina, uma belíssima e misteriosa mulher, obcecada em vingar aquele crime hediondo e a morte da sua mãe. Num jogo perigoso de dissimulação, a transexual escamoteando a sua verdadeira identidade, pôs em prática um esquema para destruir os Morais Albuquerque num ajuste de contas vertiginoso e impiedoso. Todavia, Regina estava longe de saber os segredos que se escondiam por detrás desse suposto homicídio e todos os factos relativos à sua verdadeira identidade. Tendo a cidade do Porto como cenário, esta é uma narrativa fascinante, intrigante, que aborda temáticas actuais como a transexualidade e o síndrome do pânico, levando o leitor a deambular na mente de uma mulher que oscila entre a náusea, o amor e o ódio numa obsessão fixa de vingança. Regina é envolvente, sarcástica, sedutora, irónica, solidária, desconcertante, uma sobrevivente do desdém, das mentiras e das circunstâncias da vida. Para muitos ela era a personificação do Inferno…Mas para Regina não há Inferno…Para Regina o Inferno são os outros…Para Regina o Inferno foram os outros…Por isso ela tornou-se na verdadeira TRANSGRESSORA.

Leiam, que vale a pena e já agora...
visitem o mundo de Tiago

13 dezembro 2008

De repente deu vontade de um abraço


Queria um abraço hoje!!!
De repente deu vontade de um abraço.
Uma vontade de entrelaço, de proximidade..
de amizade.sei lá..

Talvez um aconchego que enfatize a vida
e amenize as dores...
Que fale sobre os amores,
que seja teimoso e ao mesmo tempo forte.

Deu vontade de poder rever
saudade de um abraço.
Um abraço que eternize o tempo
e preencha todo espaço,
mas que faça lembrar do carinho,
que surge devagarzinho
da magia da união dos corpos,
das auras..sei lá..

Lembrar do calor das mãos
acariciando as costas a dizer..
"estou aqui."
Lembrar do trançar dos braços
envolventes e seguros afirmando
"estou com você"..
Lembrar da transfusão de forças
com a suavidade do momento
..sei lá..
abraço...abraço...abraço...
abraço...abraço..abraço...
abraço...abraço...abraço...

O que importa é a magia deste abraço!
A fusão de energia que harmoniza,
integra tudo, e que se traduz
no cosmos, no tempo e no espaço.
Só sei que agora deu vontade desse abraço!!
Que afaste toda e qualquer angústia.
Que desperte a lágrima da alegria,
e acalme o coração..
Que traduza a amizade,
o amor e a emoção.
E para um abraço assim
só pude pensar em você....
nessa sua energia,
nessa sua sensibilidade
que sabe entender o por quê...
dessa vontade desse abraço.

(desconheço o autor)

05 dezembro 2008

Estou farta!!!

Estou farta de ouvir falar da avaliação, que os professores não querem ser avaliados, que são uns malandros, não trabalham, têm horários reduzidos.
Estou farta de ouvir achincalhar os professores, por pretensos sabedores da verdade sobre a classe.
Estou farta de ser o capacho da sociedade, de ser desrespeitada pela tutela, pelas crianças, pelos pais das crianças e pela sociedade em geral.
Mas, porque há sempre um mas…será que sabem que os Educadores de Infância trabalham a vida toda com o horário lectivo completo?
Será que sabem que não temos redução de horário, seja qual for a circunstância, idade, tempo de serviço?
Será que sabem que as actividades lectivas dos jardins de infância pertencentes ao Ministério da Educação são até dia 24 de Dezembro, inclusivé? Será que sabem que trabalhamos mais 1 semana no Natal, mais 1 semana na Páscoa e até 15 de Julho com as crianças?
Será que sabem que não temos as pretensas férias que nos acusam de ter? Eu trabalho até à vespera de entrar de férias, como qualquer trabalhador, independente do sector de actividade. E que, regresso ao meu posto de trabalho, no 1º dia útil, após o gozo das férias e lá me mantenho a cumprir o meu horário lectivo?
Será que sabem que sou tão licenciada como qualquer outro professor, estou integrada na mesma carreira e sujeita às mesmas regras mas não tenho as mesmas regalias?
Será que sabem que, para a sociedade em geral e para a maioria dos pais em particular, somos consideradas amas e temos que os substituir na educação e nos principios que têm que vir de casa?
Será que sabem que, as reuniões com os encarregados de educação se realizam à noite? Hoje, por exemplo tenho reunião de encarregados de educação às 21h no jardim de infância onde trabalho. Será que sabem que também sou gente, tenho familia e mereço descansar e retemperar energias?
Estou farta que falem mal da minha profissão e me considerem “lixo”, “professorzeca”
CHEGA…BASTA…informem-se 1º. E depois falem…assim NÃO!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...