28 fevereiro 2011

Simplifique o seu email

Se todas as manhãs é atacada por uma avalanche de correio electrónico, organize-se.
Saiba como.

Apague antes de abrir. Há muitas mensagens que podem ser apagadas sem que as tenha de ler. Veja com atenção o assunto e remetente das mensagens recebidas, seleccione as que não lhe interessam e apague-as de uma só vez.

Responda imediatamente. Não acumule trabalho. Depois de ler uma mensagem decida: apagar, reencaminhar ou responder. Seja qual for a opção, execute-a na hora.

Separe por pastas. Não faça da pasta de mensagens recebidas um armazém de emails. Organize-os por pastas relacionadas com os projectos.

Seja breve. Pratique o seu poder de concisão no envio de e-mails (para que as respostas sejam igualmente sucintas).

Comunique a ausência. Antes de ir de férias programe o seu e-mail para a opção Out of Office, para comunicar aos remetentes que está ausente e evitar encontrar centenas de e-mails no regresso.

(fonte: http://mulher.sapo.pt)

27 fevereiro 2011

Música ao domingo [1]

Para descontrair e porque está um lindo e aconchegante dia de Sol.
E, nunca se esqueçam...OUSEM SER FELIZES!!!

03 fevereiro 2011

Estou farta e cheia…


(foto de Luis Ribeiro)

Estou farta de gente mal disposta, de gente carrancuda, de gente que leva os seus problemas pessoais para o trabalho.
Estou farta e cheia de gente que compromete seu profissionalismo e competência por questões miúdas e insignificantes.
Estou farta de gente que não sabe distinguir e separar profissão de vida pessoal, embora compreenda que não podemos despir o ser individual ao entrar no nosso local de trabalho e vestirmos o fato profissional.
Somos pessoas e o que nos distingue na nossa individualidade é o somatório das nossas vivências e experiências pessoais, o nosso projecto de vida e isso não se despe, não se deixa de fora ao assumirmos os diferentes papéis sociais e profissionais, pois eles são enriquecidos com esse contributo extremamente pessoal e intransmissível.
Mas, deixarmos que isso nos afecte, nos perturbe o discernimento, nos faça faltar aos nossos deveres profissionais, tornando-nos seres irascíveis, carrancudos e mal educados…é um passo gigantesco que ninguém se devia atrever a dar.
E tudo isto para dizer…estou farta e cheia de gente assim.
Blog Widget by LinkWithin