06 abril 2013

Escondo-me


Escondo-me de mim, atrás da máscara de fogo
Fujo de mim, pelas ruas escuras e húmidas
Rango os dentes, fujo do Mal, fujo da loucura em mim
Louca e insana?
Anjo com asas brancas?
Quem sou eu, que corre e foge como louca?
Escondo-me da maldade, da escuridão, dos rostos sem cor
Esqueletos de dor, sombras retorcidas
Quem sou eu, que se esconde no meio da multidão ensandecida?
Esfarrapada de dor, rasgada de lágrimas
Minha alma sangra e retorcesse
Esconde-me de mim?
Escondo-me de quem?
Sons enlouquecidos perseguem-me
Olhos enraivecidos vigiam-me
Escondo-me no fundo da alma
No silêncio mais profundo, escuto-me
Escondo-me para me encontrar

2 comentários:

  1. Tu estás a precisar é de um gelado na SINCELO!!!

    Tudo de bom.

    :)
    ;)


    ResponderEliminar
  2. Pois... escondes, escondes e nem fazes um bolinho para a gente ;) :)


    Beijinho

    Tudo de bom.

    :)
    ;)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...