09 novembro 2014

1 ano depois...


A esta hora (14h52m) há 1 ano atrás, aguardava, pacientemente, na minha cama do hospital, pela minha vez para ser operada a um cancro da mama.
Dormia, acordava, e deixava passar as horas, pois sabia que era a última paciente do dia.
Sabia o que me esperava...uma mastectomia total da mama direita, por isso, não valia a pena entrar em histerismos, revoltar-me ou sequer chorar.
No dia em soube que tinha cancro, entreguei minha VIDA nas mãos de Deus e segui em frente.
Claro que não vou dizer que este ano foi fácil, nada é fácil, quando se tem cancro, mas podemos viver o melhor possível e aproveitar os nossos dias e sorrir.
Passei pela quimioterapia (difícil), pela radioterapia (menos difícil), fisioterapia, para me ajudar a recuperar os movimentos do braço direito, mas acima de tudo, passei este ano com muito apoio da Família (meus Pais foram incansáveis) minha irmã, meus Amigos, e vivi momentos de Alegria e Partilha que me deram imensa força e muitos sorrisos de felicidade.
Adoptei a Anita, revisitei o Porto, fiz tantas coisas boas, que, a maior parte dos dias, até me esquecia que tinha cancro, que tenho cancro.
Hoje, faz 1 ano que fui operada, mas ainda não estou livre da doença, apenas dei muitos passos em frente no seu combate e sinto-me feliz por isso.
Ainda tenho o cateter, mas esse é o mal menor.
O que interessa é acreditarmos que somos capazes de VIVER com a doença e que somos capazes de a VENCER.
Um dia de cada vez com FÉ e ESPERANÇA.
E não deixemos de...OUSAR SER FELIZES!!!

3 comentários:

  1. Deus é Pais e não falha quando nos entregamos em Suas mãos. Eu acredito nisso.
    Que Ele a abençoe, e lhe dê a cura.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  2. Um ano com «pano para mangas» diria eu ;) :)
    Vivi de perto, se me é permitido dizer, esse teu ano... ás vezes nem coragem tinha para um simples telefonema e dois dedos de conversa... afinal também não é fácil para quem está ao lado conviver com essa situação.
    Que dizer, que fazer, como fazer, saber ouvir, saber ouvir,.saber ouvir... e também sofrer.
    Confesso que também foi um ano de "aprendizagem" para mim, e acima de tudo um ano do qual me honro muito por ter estado sempre que possível ao teu lado e do teu lado.
    Fiz o melhor que sei... apoio e amor incondicional, para além de te levar para "outros" caminhos:)))))))))))))))))))))... comer uma "France", um pastelinho de nata ;) um gelado :) um almoço, ou simplesmente um pouco de conversa da treta com um pingo e um bolinho de cenoura :)))))
    É para isso que os amigos existem.
    Para a minha querida amiga, de hoje e sempre, aquele abraço apertadinho e dois beijinhos ;)
    Tudo de bom!

    ResponderEliminar
  3. Hoje deu-me para visitar os links dos blogs que tinha guardados. É bom ver que ainda há quem tenha um blog, já que o facebook roubou a maioria das pessoas que costumavam e gostavam de escrever.

    1 ano são 365 dias de luta com momentos bons e menos bons pelo caminho. O importante é não desistir de lutar e manter a esperança que amanhã será um dia melhor. Beijinhos

    ResponderEliminar

Blog Widget by LinkWithin