17 julho 2017

Desalinho

(foto retirada da net)

Em desalinho ficaram
Os lençóis brancos
Em desalinho ficaram
Nossos corpos desnudados
Em desalinho ficou
Meu coração acelerado
Olhei para ti
Olhos nos olhos
Alma na alma
E em desalinho
Tua alma ficou
Corpos entrelaçados
Almas desalinhadas

angelis

2 comentários:

  1. E há lá coisa mais bonita que esse desalinho?
    Bom que apareceu, amiga. Já tinha saudades.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  2. Os anos passam... são muitos anos na blogosfera e depois... entras em desalinho e publicas duas vezes o mesmo poema :))))))))
    Como da primeira vez, gostei outra vez do 'Desalinho'.
    Tudo de bom!

    ResponderEliminar

Blog Widget by LinkWithin