10 janeiro 2005

Indignação

Não costumo publicar mais que um artigo por dia, mas hoje estou indignada…furiosa…sinto-me lesada nos meus direitos de consumidora e como já não sei mais o que fazer…publico aqui a minha indignação para conhecimento de todos os que visitam o meu blog.
Porque estou indignada? É muito simples…
Comprei na Worten do Maiashopping, no dia 23/11/04, uma máquina de lavar a louça Ariston LL65, pela “módica” quantia de €399…feliz da vida, aguardei que me entregassem a máquina em casa, o que ocorreu no dia 26/11/04.
Bom…minha felicidade durou pouco…pois quando fui pôr a máquina a trabalhar, ela resolveu verter água…o que fiz? Dirigi-me á Assistência Pós Venda da Worten e reclamei…a assistência técnica veio cá a casa e (espantem-se, se poderem ou conseguirem…) e disse-me que a máquina vertia água por causa do detergente que eu usava e foi-se embora.
Comprei todos os detergentes do mercado para testar a máquina, afinal foi um técnico (já agora digo-vos que a casa que presta assistência técnica á Ariston é a Arsamel-Porto) que disse tal e devia saber mais que eu.
Pois…no dia seguinte estava novamente a ligar para lá…experimentei tudo e a máquina continuava a verter água. Vieram novamente cá a casa uma semana depois…e este técnico foi ainda melhor e mais eficiente que o anterior…ligou para o outro e como ele lhe disse que a máquina vertia água, por causa do detergente que eu usava…simplesmente abriu a máquina, estava tudo bem (nem a testou…ou coisa parecida) e foi-se embora.
Espantados? Que direi eu…bom…finalmente no dia 27/12/04 e após muitas queixas minhas e telefonemas, levantaram a máquina para reparar…
Mas reparar o quê? Se a máquina nunca funcionou!!!
Como dali não saia nada que se visse…resolvi fazer uma queixa por escrito á Worten, relatando o sucedido, acompanhando a carta com fotocópias de todos os documentos comprovativos e enviei-a no dia 03/01/05, dando-lhe um prazo de 10 dias, a contar da recepção da carta, para me darem uma máquina nova e não uma que nunca funcionou e que foi para reparar. Mandei cópias dessa carta para a DECO – Porto, outra para o GMIAC – Gabinete Municipal de Informação e Apoio ao Consumidor – Maia e ainda uma para o Centro de Informação de Consumo e Arbitragem do Porto e para a Indesit Company Portugal SA.
Hoje 10/01/05 a Indesit quer que eu aceite a máquina reparada…a Worten não me dá resposta e a DECO diz que só atende os associados.
Onde estão os meus direitos de consumidora lesada? Quem me ouve e faz valer os meus direitos?
Estou indignada…irritada e fui lesada em termos financeiros e não só.
O que faço a partir daqui? Não aceito uma máquina que nunca funcionou e foi para reparar…mas ninguém me ajuda a fazer valer os meus direitos e ando nisto quase há 2 meses…empatei o meu dinheiro…não tenho máquina e continuo a lavar a louça á mão…
Não acham que é demais? Se alguém tiver uma solução…se alguém souber de algo que eu possa fazer para além do que já fiz…é bem vinda qualquer solução que faça valer os meus direitos lesados.
Estou indignada…furiosa….andam a brincar comigo, com o meu dinheiro, com os meus direitos….
Há que dizer: “BASTA…”


angelis

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...