12 março 2007

Azul




Vesti-me de azul
Reflecti-me no céu
Perdi-me no mar
E…achei-me em ti
Azul é a cor da minha alma
Azul é a minha roupagem
As minhas asas
O meu sorriso
Perdida em ti
Vejo o reflexo de mim
Tão azul quanto o céu
Tão límpido quanto o oceano
Tão intenso quanto o teu beijo

Caminho para ti
Segura
Estendo as mãos
E agarro o azul da tua alma
Hoje
Vesti-me de azul
Reflecti-me no teu olhar
Perdi-me no teu amor

angelis

6 comentários:

  1. Por aqui passei para te (re)ler, quando...e qual o meu espanto... deparo contigo de azul;)Adoro este teu poema de azul vestido :):)

    ResponderEliminar
  2. Hei, se azul é a cor da tua roupagem da tua alma, então...
    Amor tem cor?
    me diga, por favor!
    um abraço e um sorriso!

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Olá, há muito que não te visito e só agora me apercebi da tua mudança de blogue.
    Mas isso não quer dizer que tenha esquecido o comungar das tuas poesias.

    Espero que não te importes que tenha partilhado com os meus Amigos da Blogosfera, o Palavras à Solta...

    Um abraço carinhoso ;)

    ResponderEliminar
  5. Mais um poema que me sensbiliza...

    Gosto da tua maneira de escrever...
    Com a pena do coração...certamente!

    Beijinhos da

    Maria

    ResponderEliminar
  6. Grande gosto pela poesia,simples,sensível e agradável.

    Bom fim de semana

    Beijinhos Zita

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...