14 junho 2011

Obrigada…

A todas as pessoas que NUNCA me telefonam a perguntar “olá, como estás?”…OBRIGADA.
A todas as pessoas que NUNCA me enviam um SMS com aquela força…OBRIGADA.
A todas as pessoas que NUNCA me enviam um email com uma palavra de ânimo, força e coragem…OBRIGADA.
É nas horas menos boas que conhecemos o carácter das pessoas. É nas horas de tristeza, de doença que as pessoas mostram o seu verdadeiro EU. Não que me admire, pois apenas fico com a certeza que afinal conheço as pessoas com que lido diariamente, que afinal conheço as pessoas com quem trabalho, com quem caminho.
A sementeira da Vida é facultativa, mas a colheita é obrigatória e lá diz o ditado popular, com muita sabedoria:”Quem semeia ventos, colhe, invariavelmente, tempestades”
A todas as pessoas que mostraram, clara e inequivocamente o seu carácter, a sua solidariedade, a sua humanidade…OBRIDADA.
Que a VIDA lhe dê de volta tudo aquilo que têm semeado á sua volta e que não se admirem, se um dia receberem o mesmo…NADA.

1 comentário:

  1. Nem comento, que é para não dizer asneira, nem meter lenha na fogueira;):)

    Cuida-te e já sabes que deste lado tens sempre alguém pronto para te dar um puxão de orelhas se precisares:)))))))))))

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar

Blog Widget by LinkWithin