30 maio 2007

O que me irrita



Muito se tem escrito, dito, mostrado, seja na imprensa escrita, seja nas televisões, sobre a pequena inglesa, raptada no nosso país.
Até aqui, tudo pacifico, mas…tem de haver sempre um mas…
A criança foi raptada, o sofrimento dos pais deve ser imenso e difícil de, alguém de fora, medir ou conseguir avaliar. Contra factos, não há argumentos.
Mas, lá vem o tal “mas”, o que se fez pelo pequeno Rui Pedro, desaparecido há anos? O que se faz pelas crianças que desaparecem diariamente? O que se faz pelas crianças maltratadas, abandonadas, violadas?
NADA…rigorosamente NADA…
Então, questiono-me…não são as crianças todas iguais? Não têm todas os mesmos direitos?
O que se faz para retirar uma arma das mãos de uma criança? O que se faz para dar um projecto de vida às crianças enfiadas anos a fio em lares?
O que se faz para desburocratizar a adopção? O que se faz para alterar as leis que permitem matar, violar e maltratar crianças e ficar-se impune?
Em que é diferente a pequena inglesa, das nossas crianças? O que se fez para condenar os violadores do caso Casa Pia?
Irritada eu? Que ideia!!!
Trabalho com crianças há 25 anos, já vi de tudo…acreditem…
Agora mediatizar este rapto!!!!! E as outras crianças????

O que me irrita? A passividade do sistema judicial, o tratamento desigual que se dá a estes casos…é português…que se “arranje”, é inglês…uiiiiii…há que dar tratamento VIP…

O que me irrita?
Simplesmente ver crianças maltratadas, espancadas, abandonadas, violadas e quantas…mortas, assim que nascem, pelas mãos das mães que as carregaram 9 meses no ventre…
Onde está a justiça? Onde estão os direitos destes seres indefesos?
Direitos das crianças???!!!
No papel…apenas no papel…
Pensem nisso…há muito que pensar, fazer, agir…e depois comemora-se o Dia Internacional da Criança…

angelis

4 comentários:

  1. Dá-lhe!!! É assim mesmo. "Furei"a greve de hoje só para comentar este post, que subscrevo na totalidade.

    ResponderEliminar
  2. Nem mais!

    Porque serão as crianças portuguesas diferentes das outras?

    Lamento o desaparecimento desta pequenita Inglesa... mas também não esqueço o que se passa no nosso país!

    Estou contigo...nesta tua revolta !

    Beijinhos da

    Maria

    ResponderEliminar
  3. Com todo o respeito q merece a situacao da Madeleine, realmente se ela fosse portuguesa.......bem podiam os pais esperar sentados.
    Passe no meu blog. gostaria de contar com a sua participacao no ultimo post

    ResponderEliminar
  4. xiii...parece que venho aqui falar contra a corrente!
    Não concordo com algumas coisas que escreveste, nem com os comentários.
    Quem tornou o caso da Madeleine famoso, quem se esforçou para que o caso se tornasse mediatico foram os próprios pais. Se não fossem eles o assunto já estaria esquecido há muito!

    ResponderEliminar

Blog Widget by LinkWithin