22 outubro 2006

25 anos depois...

Ontem (dia 21 de Outubro de 2006), houve um encontro de ex colegas de curso, em Lamego, 25 anos depois de termos concluído o nosso curso.
Decorria o ano de 1978, época ainda muito conturbada, após o 25 de Abril, quando abriu, pela 1ª vez em Portugal, no ensino público e no Magistério Primário de Lamego, o 1º curso de Educadores de Infância, no qual ingressei, mais 49 alunas e alunos. É verdade, na altura, ingressaram também 3 rapazes no referido curso.
Fomos pioneiras, e a escola também, assim como professores e todas as pessoas que lá trabalhavam. Foram cometidos alguns erros de percurso, afinal era o 1º curso e todo o corpo docente era inexperiente, mas embarcamos todos a bordo desse barco, decididos a rumar a bom porto.
Ontem, festejamos as bodas de prata, reencontramo-nos com o passado, com as lembranças boas e menos boas. Abraçamo-nos a chorar (algumas de nós não nos víamos há 25 anos).
- Tu por aqui? Como estás? Que tens feito?
- Tens filhos? Onde estás a trabalhar?
- Rapariga o tempo não passou por ti, que fizeste para te manteres assim jovem?
Estes e outros comentários, foram o mote da conversa, e como pôr em dia a conversa destes 25 anos?
Estávamos à porta da Sé de Lamego, à espera que o casório que se estava a celebrar lá dentro saísse, para podermos entrar e assistir à eucaristia comemorativa desta efeméride.
Eu que até não sou muito destas coisas, comovi-me com a missa,cantada e celebrada pelo nosso professor de educação musical (claro que não podiam faltar os professores), um simpático padre com a bonita idade de 80 e muitos anos.
Choramos, sem vergonha, pois o que representava aquele acto era muito, mas muito mais do que uma missa, era a celebração da vida, da dedicação ao ensino, do reencontro de homens e mulheres que conseguiram chegar a bom porto e que hoje (mesmo mais velhotes, mas pouco) voltariam a trilhar os mesmo caminhos e os mesmos ideais.
No final da cerimónia, rumamos à Quinta da Várzea (um palacete senhorial, convertido em hotel rural) para um delicioso almoço e convívio.
Não tenho palavras para descrever as emoções que senti, pois eu fui das que não voltei a ver as colegas quando terminamos o curso. Reencontrar toda esta gente, após 25 anos, comoveu-me, mexeu comigo, chorei, ri, relembrei momentos únicos e especiais.
Discursos, historias vividas, lembranças partilhadas que ficarão para sempre nos nossos corações.
Trocamos telefones, moradas, ficando a promessa de nos encontrarmos, daqui para a frente, uma vez por ano.
Para não se esquecer convívio tão importante nas nossas vidas, recebemos todas uma placa comemorativa destes 25 anos, e as fotógrafas de serviço, ficaram de elaborar um cd com as fotos e o filme deste dia.
Assim que as tiver em meu poder…faço questão de partilhar algumas dessas fotos convosco.
Se voltasse atrás no tempo, faria tudo da mesma forma, voltaria a entrar naquela escola, cheia de sonhos, cheia de esperança, pois valeu a pena e foi essa a certeza que trouxemos deste encontro.
Até à próxima…e que seja breve

Angelis

11 comentários:

  1. A vida é feita de emoções. Eu hoje já não diria como tu, que faria as mesmas coisas que fiz. Eu se isso fosse possível, hoje não teria feito muitas coisas que fiz.
    fica bem.
    Um beijinho.
    manuel

    ResponderEliminar
  2. vim aqui para ver se via bem o teu blog e sim, vê-se bem, mas um dia destes que passei por cá não se via, estava lá ao fundo de tudo.
    Rica festa!
    O meu curso também foi nesses conturbados anos, mas nunca fizemos nada para nos encontrarmos. Há gente que vive por aqui e que vou vendo, mas os de mais longe nunca mais os vi!

    ResponderEliminar
  3. Parabéns pela pintura nas paredes.
    Cheira a fresco, sem perder a familiaridade.

    "É sempre bom recordar,
    apesar da nostalgia
    do que o tempo, ao passar,
    nos marcou em cada dia!"
    lmc

    Bjinhos
    Luís

    ResponderEliminar
  4. Imagino a emoção que devia ter sido!..Vinte e cinco anos depois...Revela esse acto através das fotos quando as tiveres Ângela.Posso dizer que a forma como descreves esse encontro até me fez emocionar. Beijinhos e bom inicio de semana de trabalho.

    ResponderEliminar
  5. Imagino essas emoções todas à flor da pele.
    É tão encontrar aqueles que nos marcaram.
    Fico à espera das fotos.
    Beijinhos e uma boa semana.

    ResponderEliminar
  6. Não foi nada comigo e até parece que estive presente ;) Claro que a parte que mais gostei foi aquela..."até pareces mais jovem" :):):):) Agora sim!...vejo o blog direitinho. Eu sempre tinha razão. Boa semana.

    ResponderEliminar
  7. Imagino as emoções grandes desse dia. Também já tive as minhas reuniões de curso e sei o que senti. Mas uma coisa que me alegrou foi o dizeres que se fosse hoje voltarias a ingressar no mesmo curso.
    Parabéns por teres a profissão que gostas.
    Olha que há bem pouca gente que se possa orgulhar disso.

    ResponderEliminar
  8. Se era para fazeres tudo como fizeste, então é porque valeu realmente a pena.
    Quando assim é, recordar também é viver.
    Aquele abraço.

    ResponderEliminar
  9. Que o Pé de Vento não te impeça de mudar a hora neste fim de semana ;)
    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  10. Hoje perdi-me por alguns dos teus posts que ainda não tinha lido, adorei.
    Este está carregado de emoções.
    Jinhos

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...