01 maio 2011

De volta…ás origens

Estou de volta ás minhas origens!!! Por tempo indeterminado, ou pelo menos durante este ciclo de tratamentos. Nada melhor que estar de volta á nossa terra natal, às nossas raízes como forma de terapia, de processo de cura, estar rodeada pela família que irá ajudar e amparar e não terei que passar, novamente, por todo este processo sozinha.
Claro que terei idas mensais ao hospital, terei a medicação, as injecções, os controles mensais, os exames, para os médicos irem verificando a evolução dos tratamentos e da doença e há que ter fé, viver um dia de cada vez e acreditar que tudo irá correr pelo melhor.
Para trás, fica a minha casa fechada, fica a minha turminha de Traquinas, que me deixa uma saudade imensa e no coração trago todos os meus meninos e meninas que tanto carinho, alegria e força me davam no meu dia-a-dia.
Para trás fica a minha vida, os meus Amigos que me podem visitar aqui, nesta bela e tranquila cidade, que serão sempre bem-vindos neste cantinho acolhedor, mas, a partir de agora só tenho um objectivo em mente…tratar-me…curar-me…ultrapassar a doença e no futuro seja ele próximo ou distante, retomar a minha vida, a minha profissão, as minhas rotinas e os meus Traquinas, não estes que vão levantar voo para o 1º ciclo, mas aqueles que na altura ficarem ao meu cargo.
Estou bem, dentro do possível, um pouco triste, muito cansada (os tratamentos começam a dar um ar da sua graça) mas estou com a família, e a partir de hoje, não há lugar a tristezas, desânimos e sim a um sorriso de Esperança, a muita Força, Ânimo e Coragem.
Claro que não vou abandonar este cantinho, passarei por aqui, continuarei a escrever e a publicar sempre que tiver disposição e irei dando noticias :)
Nos próximos tempos estou aqui e vocês irão ficar roidinhos de inveja de não poderem estar por aqui…hehehehe…



Em ar de despedida, por hoje, Feliz Dia da Mãe, para todas as Mães do Mundo, mas em especial para a minha Mãe que neste momento é o meu porto de abrigo e que me ampara neste processo e que se revelou uma grande MULHER.
E, nunca se esqueçam…OUSEM SER FELIZES!!!

2 comentários:

  1. Lá fico eu sem os meus pingos e tarte de queijo.
    Vê se voltas depressa!

    ....e nunca te esqueças: "Não há doentes, mas sim doenças", portanto, força nas canetas.

    Desculpa a brincadeira mas sabes (há muitos anos) como eu lido com estas situações.

    Tudo de bom

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Educadora, que tudo dentro de pouco tempo não passe só de uma lembrança. Muita força e já sabe estamos cá para o que precisar. Vá dando noticias. Um beijinho e um recado da sua traquina Ana Sofia "Professora Eu adoro-te" :-)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...