22 abril 2004

Preservação ou exibição das espécies?




A primeira vez que fui ao Jardim Zoológico de Lisboa foi à cerca de 30 anos…poderá parecer muito tempo…mas muitas vezes o passar do tempo é tão relativo.
Ontem, dia 21 de Junho de 2004, levei as crianças com quem trabalho a Lisboa, mais propriamente a fazer uma visita ao Zoo. Encantadas, deliraram com a viagem, a visita ao Zoo, e quando fomos ver a Baia dos Golfinhos…aí foi o delírio completo, e confesso que até eu fiquei rendida a tal espectáculo de beleza e paciência. Completamos a visita com um passeio de teleférico, que nos permitiu ter uma panorâmica geral dos animais, espaços e dimensões do Zoo.
Nessa viagem de teleférico surgiram-me algumas reflexões sobre o que vi. As condições de habitat dos animais eram boas, bem tratados, com espaço suficiente, etc…e via-se que a dedicação de quem lá trabalha é louvável. É preciso um grande esforço para manter um espaço como aquele em perfeitas condições, e muitas vezes, com muito sacrifício. Alguns habitats precisariam de intervenção, mas no geral agradou-me a forma como o Zoo está conservado, e a todos que lá trabalham, pela sua dedicação e coragem, os meus parabéns.
Mas…porque há sempre um mas…fui um pouco mais longe nas minhas reflexões.
Preservamos as espécies mantendo-as em cativeiro? Preservamos as espécies arrancando-as aos seus habitats naturais, ao contacto com os da sua espécie? Preservamos as espécies ao exibi-las tão ostensivamente ao público? Preservamos ou exibimos?
Não digo com isto que devemos extinguir os zoológicos, que não têm a sua utilidade, mas não ficariam melhor em habitats mais naturais?
E se…e se fosse o contrário? Imaginemos por uns segundos que o mundo é governado por animais…e que nós somos metidos em zoológicos para ser preservada a raça humana e as diferentes etnias. Já imaginaram o que sentiríamos? Como nos sentiríamos?
Exibidos, desenraizados dos da nossa espécie, enjaulados, metidos em gaiolas douradas com o pretexto de sermos preservados, com o pretexto de a nossa raça estar em vias de extinção? Caricato? Talvez… possível? Claro que fica em aberto…
Reflictamos um pouco…o que estamos a fazer? Temos o direito de o fazer, só porque somos humanos, racionais e inteligentes e dominamos o mundo?
Ontem dei alegria às crianças com quem trabalho, dei-lhes a oportunidade de verem algo diferente, mas também me permitiu reflectir, deixar em aberto estas considerações que partilho convosco.
Preservamos ou exibimos? O que estamos a fazer ao reino animal?

Angelis

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...